Logótipo

Contacte-nos
+351 911 761 723 295 217 256

Reabilitação Cardio-Pulmonar

Reabilitar: “… fazer voltar à situação anterior…restituir…Regenerar. Fazer readquirir a estima ou consideração pública.

Ao longo dos dois últimos séculos a Medicina tem repensado a sua forma de encararar a actividade física no contexto da doença cardíaca e pulmonar, passando da proscrição à prescrição e reconhecendo os seus benefícios em termos de morbilidade e mortalidade e ainda de impacto psico-social.

Por outro lado, houve também uma evolução do conceito de reabilitação, e esta engloba actualmente, não só a vertente do exercício físico como forma de regenerar o que foi danificado, mas também as vertentes psico-social, nutricional e de educação do individuo para adopção de um estilo de vida saudável  como forma de controlo dos factores de risco cardiovasculares.

Vários estudos demonstraram que, os programas de reabilitação cardíaca, desenvolvidos com o propósito de auxiliar os pacientes acometidos por uma patologia cardíaca  aguda, e que apresentavam grandes perdas funcionais, quando altamente estruturados e supervisionados, possibilitam um enorme benefício para o paciente, melhorando consideravelmente  a sua qualidade de vida e prolongando a sua sobrevida.

Está demonstrado que os programas de reabilitação cardio-pulmonar permitem, a longo prazo, a estabilização ou reversão do processo aterosclerótico; reduzem a morbilidade cardiovascular e pulmonar; reduzem a  mortalidade cardiovascular; facilitam a  readaptação social e educação do paciente sobre sua doença e aceleram a recuperação da independência funcional, particularmente nos pacientes idosos.

A AHA/AACVPR ( American Association of Cardiovascular and Pulmonary Rehabilitation) em 2007 publicou de forma sistemática, todos os objetivos a cumprir num programa de reabilitação.

A Cardiangra possui o único centro de rabilitação Cardiaca dos Açores, com uma equipa multidisciplinar, a funcionar num espaço equipado de raiz para o efeito, liderada por um Cardiologista e acompanhada por psicologo, nutricionista, técnico de Cardiopneumologia, enfermeiro e um fisiologista do esforço. Todos eles com formação especifica em reabilitação Cardiaca.

Ver Programa